LIVROS

LIVROS
CLIQUE SOBRE UMA DAS IMAGENS ACIMA PARA ADQUIRIR O DICIONÁRIO DIRETAMENTE DA EDITORA. AVALIAÇÃO GOOGLE BOOKS: *****

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

I - TATUÍ: FORJADA EM AÇO NO BARRO, ARRIMO PARA A BOA MÚSICA. O nascimento da cidade e do Conservatório.

A velha Fundição Ipanema

Em 11 de agosto de 1826 nascia Tatuí, na região do Médio Tietê, caminho de tropeiros e catequistas, em meio aos europeus, principalmente alemães e suecos, hábeis trabalhadores da Real Fundição Ipanema. Dessa amálgama, surgiram gerações despertadas para um talento particular: a música.
O governador Lucas Nogueira Garcez lançou a ideia que o Deputado Narciso Pieroni abraçou, em 1951,  na forma de um projeto de lei que, uma vez aprovado, criou o Conservatório de Tatuí. Três anos depois, em 1954, a escola foi finalmente inaugurada na cidade. É claro que houve necessidade de certo jogo político para que uma escola de música fosse instalada no interior, uma vez que a visão dos paulistanos era turvada por aquele velho e surrado vício da oligarquia brasileira de que tudo que é bom tem que ser para rico e nos grandes centros, razão pela qual não se justificava – segundo esses arautos - o erguimento de tal Conservatório no interior. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.