LIVROS

LIVROS
CLIQUE SOBRE UMA DAS IMAGENS ACIMA PARA ADQUIRIR O DICIONÁRIO DIRETAMENTE DA EDITORA. AVALIAÇÃO GOOGLE BOOKS: *****

sábado, 29 de setembro de 2012

V – Gilmar Mendes, Brahms e Diego & Diogo.

Joahannes Brahms

Gilmar Mendes, matogrossense de raiz, estudioso do código civil, seria um compositor que escreve com uma pena mais dura, de melodia sofrida, como foi sua aprovação para o STF, que logrou obter após 16 votos a 6 na comissão do Senado. Seria talvez Johannes Brahms, que levou 10 anos para terminar sua 1ª Sinfonia, mas deixou-a para a história. Na época da indicação de Mendes, o jurista Dalmo Dallari publicou um artigo na Folha de São Paulo que levou o ministro (sem sucesso) a mover-lhe uma ação penal. E pensando in dubio pro reo (“na dúvida, para o réu”) Mendes ficaria bem com uma dupla de conterrâneos dele lá de Cuiabá, Diego & Diogo, autores de “Sem Defesa” e “Perdoa”.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.